Últimas notícias...

11 de agosto de 2010

Reflexão sobre mídia e educação

Antes de conhecerem a minha opinião, vizualizem o texto clicando aqui.

Na verdade o que se questiona em “A revolução sem maquinetas” – texto de Alberto Dines, postado no dia 03 de agosto de 2010, no site Observatório da Imprensa – é se todo o avanço proveniente de novas tecnologias de comunicação é capaz de cooperar com a formação e educação, para que a sociedade tenha consciência e informação suficiente para debater assuntos que a envolvam, para que possam participar das decisões de seu país. Esse processo tem demonstrado que esses meios podem contribuir tanto para o conhecimento e informação, quanto para a alienação. Depende da forma como os meios de comunicação estão sendo utilizados. Nota-se que Jornal, Rádio e Televisão começam a se apresentar cada dia mais superficiais para acompanharem o ritmo imediatista da sociedade e a falta de tempo de todos e, também, aqueles que não têm o hábito de leitura. Com esta situação deduz-se que com a concorrência surgida a partir da internet, os outros meios procuram se adequar a ela, na tentativa de firmar posição. Porém, os novos meios midiáticos têm a capacidade de fundir texto, áudio e imagem, com a possibilidade de intercâmbio em tempo real, como se diz por aí. Assim, não é possível saber, por exemplo, o futuro dos meios impressos.

4 comentários:

  1. As pessoas parecem que tem medo do fim do jornal impresso, se preocupando com o fim de algo que ainda nem deu sinais de fechar as portas. Existe sim, um desgaste dos profissionais e do proprio formato que precisa de alguns ajustes se quiser se mantar ainda na ativa.

    Igor Martim.

    ResponderExcluir
  2. O futuro dos meios impressos é uma dúvida que todos estão debatendo. Mas o que realmente importa é a qualidade nas notícias e nos jornalistas.

    http://onlylari.zip.net/

    ResponderExcluir
  3. Continuo apostando nos impressos, apesar de tudo. Torço apenas para a melhoria de qualidade dos mesmos. Todos os meios de comunicação são válidos e podem coexistir pacificamente.
    Bjs,

    Carmen

    ResponderExcluir
  4. Vixe Maria!!!!
    Eu acredito é na rapaziada...que como Vc, avança nos estudos para se praparar no combate à essas premunições. Jornal impresso só acabará se Eu, VC, e Nós, deixarmos de creditá-los.
    Bjus Nega Branca.

    ResponderExcluir

Faça a sua crítica!